IBIS 120

BEST DEFENDE 120

Sucesso na 2ª edição do Fighten MMA Championship

24/08/2015

FIGHTEN MMA 2 SURPREENDE COM A MELHOR ESTRUTURA DO MMA NACIONAL; MINEIRO, CADO E WILLYCAT COMANDAM O SHOW

Em sua 2ª edição, realizada no último sábado, dia 22, em Londrina, o Fighten MMA apresentou uma estrutura impecável. O peso-mosca do UFC Jussier "Formiga" e o participante do TUF Brasil 4 Nikolas Motta marcaram presença. Para aqueles que não puderam estar presentes no Ginásio Moringão, as lutas foram transmitidas ao vivo via stream, em Full HD, com a narração de Rafael Luna e os comentários de Cristiano Marcello, ex-UFC, e Everaldo Lepri.


Legenda: A esquerda Rafael Luna, e a direita, Cristiano Marcello

Sob o comando do empresário José Henrique Ferrareto, Felipe Pamplona como matchmaker (responsável pelo casamento das lutas) e uma equipe de staffs preparada e entrosada, o Fighten proporcionou aos atletas e respectivas equipes um tratamento jamais visto em eventos nacionais, tamanho o cuidado que tiveram com pequenos detalhes que fazem a diferença.

Fighten 2 crava bandeira no topo do MMA nacional

A organização disponibilizou dois ônibus para os traslados do corner azul e corner vermelho, ofereceu alimentação adequada e balanceada nas últimas horas de dieta, uma equipe médica supervisionou todo o processo de desidratação e recuperação. Uma ambulância permaneceu a postos em frente ao hotel onde os lutadores estavam hospedados. Todos receberam atendimento individual, suporte e material para a reidratação. Além de divulgar e investir na imagem dos responsáveis pelo show dentro do cage, o Fighten também proporcionou um momento “astro” para cada participante, convidando-os a autografar o cartaz da edição.

Já no Ginásio Moringão, mais de quatro mil paranaenses vibrantes acompanharam de perto 11 superlutas. Destaque para Filipe “Mineiro” pela “finalização da noite”, Luiz Cado pelo “Nocaute da Noite” - em apenas 30 segundos, e para o mineiro Daniel “Wyllicat” pela “melhor luta da noite”, uma guerra empolgante de três rounds contra o curitibano Irwing “King Kong” Machado vencida por unanimidade.

Filipe "Mineiro" finaliza Alessandro "Da Lua" na luta principal e deve disputar cinturão



De volta ao MMA, Alessandro “Da Lua”, especialista na luta em pé e tetracampeão brasileiro de kickboxing, levantou a torcida logo na entrada. Ele encontrou a distância primeiro e trabalhou a envergadura para conectar jabs e frustrar as primeiras tentativas de queda de Filipe “Mineiro” Jesus, representante da Nova União, embalado pelo nocaute sobre o local Cleber Pitbull no Fighten 1. Da Lua encerrou o primeiro round com uma pequena vantagem. Mineiro equilibrou o combate no assalto seguinte, arriscando-se na trocação. 






Da Lua mostrou ótimas esquivas e movimentação, e respondeu as investidas do oponente. Em meio ao fogo cruzado, Mineiro conseguiu derrubar o atleta da casa, que evitava o chão a todo custo. Eles ainda alternaram belos chutes altos, até que aos dois minutos e 24 segundos do terceiro round, Mineiro entrou nas pernas decisivo, derrubando Da Lua e rapidamente colocando os ganchos, antes de ajustar o mata-leão e festejar a vitória ao lado dos companheiros Jussier “Formiga”, peso-mosca do UFC e Nikolas Motta, participante do TUF Brasil 4. Agora, a organização estuda a possibilidade de Mineiro disputar o primeiro cinturão peso-pena do Fighten.





Daniel "Willycat" supera recente perda da mãe e empolga torcida com a "Melhor Luta da Noite."



Já o mineiro de Uberlândia Daniel “Willycat”, convocado às pressas para substituir Peter Montibeler no duelo com o londrinense Samura Vieira, não conseguiu bater os 61 kg, mas como Marcos “Alemão” não compareceu, alegando problemas com o carro na manhã da sexta-feira, Willycat aceitou substituir o catarinense na categoria de cima contra o curitibano Irwing “King Kong” Machado. Eles fizeram uma luta eletrizante. Willycat cresceu no combate e passou a encurralar Irwing com combinações de socos e cotoveladas seguidas vezes. O curitibano se manteve confiante e aceitou o embate franco. Conforme o passar do tempo, Willycat ganhou a torcida, que gritou e o incentivou até o fim. Após 15 minutos de uma das melhores lutas do ano até o momento, o pupilo de Evangelista “Cyborg” teve o braço erguido por decisão unânime e dedicou à sua mãe, que morreu há 10 dias vítima de infarto.







CM System anota três vitórias e 100% de aproveitamentono; Luiz Cado aplica "Nocaute da Noite"

Em duelo de gigantes, Luiz “Golden Boy” Cado e o paulista Rony Vargas literalmente “saíram na mão”. Rony inciou pressionando com uma sequência de cruzados, combinados com chute alto, este último responsável pela brecha no flanco que entrou a resposta de Cado, um cruzado na têmpora do atleta natural de Sud Mennucci, que caiu inconsciente. Além de Cado, a equipe CM System contou com mais duas vitórias no card. O faixa-preta Gabriel “Fly” provou a força da faixa-preta e quebrou a invencibilidade do florianopolitano William Lima com uma guilhotina no primeiro minuto. Daniel “Gaúcho” fechou a noite com 100% de aproveitamento para a equipe liderada por Cristiano Marcello impondo sua estratégia e anotando a primeira derrota da carreira do atleta da casa Rafael Atilio “Venenoso”. Daniel foi mais contundente em cima, aplicou quedas e golpeou (ground and pound) nos três rounds, levando o resultado positivo por unanimidade.

Confira os resultados completos:



Fighten MMA 2
Ginásio Moringão, Londrina, Paraná
Sábado, 22 de agosto de 2015

Resultados - Card Principal


Filipe "Mineiro" Jesus finalizou Alessandro "Da Lua" Campos com um mata-leão aos 2min24s do R3;


Daniel "Gaúcho" Pereira venceu Rafael "Venenoso" Atilio por decisão unânime;

Luiz "Golden Boy" Cado nocauteou Rony Vargas com um cruzado aos 30s do R1;
Gabriel "Fly" Miranda finalizou Willian Lima com uma guilhotina aos 1min do R1;

Daniel "Willycat" Santos venceu Irwing “King Kong” Machado por decisão unânime;



Resultados - Card Preliminar

Samura Vieira nocauteou Anderson "Catatau" Dutra com um chute baixo (leg kick) na coxa a 1min24s do R1;

Marcelo "Hulk" Dias venceu Rafael de Abreu "Black" por nocaute técnico (ground and pound) aos 4min20s do R1;

Fernando Sagati venceu William Coelho por nocaute técnico (lesão no joelho) a 1min35s do R1;

Dehan Sato venceu Bruno Sá "Black Hoots" por decisão dividida dos juízes;

Rafael Teixeira venceu Daniel “Ratinho” Hoffmann por decisão dividida dos juízes;

Fabio Chaves finalizou Arlindo Contato "Nunes" com um armlock aos 3min55s do R1.


Confira a Galeria completa das fotos da 2ª Edição do Fighten MMA Championship.  Os vídeos das lutas serão disponibilizados em breve para os assinantes do FightenPlay.


Texto: Valmir Silva (MMA Sul)
Fotografia: Jason Silva

Barba Clube 980A